O que você está procurando?



Fechar

Carregando...

Indicações:
HALOCUR é recomendado para a prevenção e controle da diarreia devido ao Cryptosporidium parvum em bezerros conforme abaixo:
Nas fazendas com histórico de criptosporidiose, o produto pode ser utilizado na prevenção de diarreia diagnosticada devido ao Cryptosporidium parvum. A administração deve começar nas primeiras 24 a 48 horas de idade.
Para a redução de diarreia diagnosticada devido ao Cryptosporidium parvum, a administração deve começar dentro de 24 horas após o início da diarreia.

Em ambos os casos foi demonstrada a redução da excreção de oocistos.

Dosagem:Para uso oral em bezerros após a alimentação.
A dosagem é de 100 g de halofuginona base/Kg de peso corporal/uma vez ao dia, durante 7 dias consecutivos ou seja, 2 mL de HALOCUR/10 Kg peso corporal/uma vez ao dia, durante 7 dias consecutivos.

Com a finalidade de tornar o tratamento com HALOCUR mais fácil, é proposto um esquema de dosagem simplificada:
35 Kg > bezerros = 45 Kg: 8 mL de HALOCUR uma vez ao dia, durante 7 dias consecutivos;
45 Kg > bezerros > 60 Kg: 12 mL de HALOCUR uma vez ao dia, durante 7 dias consecutivos.

Para os animais mais leves e os mais pesados, deve ser realizado um cálculo preciso (2 mL/10 Kg). Para assegurar a dose correta é necessário o uso de uma seringa ou qualquer outro dispositivo apropriado para administração oral.
O tratamento consecutivo deve ser feito no mesmo horário, a cada dia.
Uma vez que um primeiro bezerro tenha sido tratado, todos os próximos bezerros recém-nascidos devem ser sistematicamente tratados enquanto persistir o risco de diarreia devido ao Cryptosporidium parvum.
Após aberto o frasco, administrar todo o conteúdo no período de até 12 meses.

Precauções:
Administrar após a alimentação com colostro ou após a ingestão de leite ou substituto do leite, utilizando apenas uma seringa ou qualquer outro dispositivo apropriado para administração oral. Não administrar com o estômago vazio. Para o tratamento de bezerros anoréxicos, o produto deve ser administrado com meio litro de uma solução eletrolítica. Os animais devem receber colostro suficiente, de acordo com boas práticas de criação.
O produto não deve entrar em contato com cursos de água, pois isso pode ser perigoso para peixes e outros organismos aquáticos. Qualquer medicamento veterinário não utilizado ou seus resíduos devem ser descartados de acordo com as exigências locais.

Precauções a serem tomadas pela pessoa que administra o produto aos animais:
Contato frequente com o produto pode causar alergias de pele;
Evitar contato do produto com a pele e os olhos. Em caso de contato com a pele e os olhos lavar bem a área exposta com água limpa. Se persistir irritação ocular, o médico deve ser consultado;
Usar luvas de proteção durante o manuseio do produto;
Lavar as mãos após o uso.

Contraindicações:
Não administrar com o estômago vazio;
Não administrar em caso de diarreia há mais de 24 horas e em animais enfraquecidos.

Conservação:
Conservar em local seco e fresco, à temperatura ambiente (15-30°C), ao abrigo da luz solar, fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Períodos de Carência:
Bovinos:Abate- O abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado 13 dias após a última aplicação.
Leite- Este produto não deve ser aplicado em fêmeas produtoras de leite para o consumo humano.
Ver mais
Aproveite! Restam apenas 16 unidades em estoque!
Selecione a variação
R$ 796,20 à vista (Pix, Boleto, ou Crédito 1x)
R$ 838,10
em até 3x de R$ 279,37
Preço exclusivo para bandeira-rs
Entre em contato para preços na sua brasil
Formas de pagamento
Parcelas Valor parcela Valor total
à vista R$ 796,20 R$ 796,20
1x sem juros R$ 838,10 R$ 838,10
2x sem juros R$ 419,05 R$ 838,10
3x sem juros R$ 279,37 R$ 838,10
Frete e prazo

Indicações:
HALOCUR é recomendado para a prevenção e controle da diarreia devido ao Cryptosporidium parvum em bezerros conforme abaixo:
Nas fazendas com histórico de criptosporidiose, o produto pode ser utilizado na prevenção de diarreia diagnosticada devido ao Cryptosporidium parvum. A administração deve começar nas primeiras 24 a 48 horas de idade.
Para a redução de diarreia diagnosticada devido ao Cryptosporidium parvum, a administração deve começar dentro de 24 horas após o início da diarreia.

Em ambos os casos foi demonstrada a redução da excreção de oocistos.

Dosagem:Para uso oral em bezerros após a alimentação.
A dosagem é de 100 g de halofuginona base/Kg de peso corporal/uma vez ao dia, durante 7 dias consecutivos ou seja, 2 mL de HALOCUR/10 Kg peso corporal/uma vez ao dia, durante 7 dias consecutivos.

Com a finalidade de tornar o tratamento com HALOCUR mais fácil, é proposto um esquema de dosagem simplificada:
35 Kg > bezerros = 45 Kg: 8 mL de HALOCUR uma vez ao dia, durante 7 dias consecutivos;
45 Kg > bezerros > 60 Kg: 12 mL de HALOCUR uma vez ao dia, durante 7 dias consecutivos.

Para os animais mais leves e os mais pesados, deve ser realizado um cálculo preciso (2 mL/10 Kg). Para assegurar a dose correta é necessário o uso de uma seringa ou qualquer outro dispositivo apropriado para administração oral.
O tratamento consecutivo deve ser feito no mesmo horário, a cada dia.
Uma vez que um primeiro bezerro tenha sido tratado, todos os próximos bezerros recém-nascidos devem ser sistematicamente tratados enquanto persistir o risco de diarreia devido ao Cryptosporidium parvum.
Após aberto o frasco, administrar todo o conteúdo no período de até 12 meses.

Precauções:
Administrar após a alimentação com colostro ou após a ingestão de leite ou substituto do leite, utilizando apenas uma seringa ou qualquer outro dispositivo apropriado para administração oral. Não administrar com o estômago vazio. Para o tratamento de bezerros anoréxicos, o produto deve ser administrado com meio litro de uma solução eletrolítica. Os animais devem receber colostro suficiente, de acordo com boas práticas de criação.
O produto não deve entrar em contato com cursos de água, pois isso pode ser perigoso para peixes e outros organismos aquáticos. Qualquer medicamento veterinário não utilizado ou seus resíduos devem ser descartados de acordo com as exigências locais.

Precauções a serem tomadas pela pessoa que administra o produto aos animais:
Contato frequente com o produto pode causar alergias de pele;
Evitar contato do produto com a pele e os olhos. Em caso de contato com a pele e os olhos lavar bem a área exposta com água limpa. Se persistir irritação ocular, o médico deve ser consultado;
Usar luvas de proteção durante o manuseio do produto;
Lavar as mãos após o uso.

Contraindicações:
Não administrar com o estômago vazio;
Não administrar em caso de diarreia há mais de 24 horas e em animais enfraquecidos.

Conservação:
Conservar em local seco e fresco, à temperatura ambiente (15-30°C), ao abrigo da luz solar, fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Períodos de Carência:
Bovinos:Abate- O abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado 13 dias após a última aplicação.
Leite- Este produto não deve ser aplicado em fêmeas produtoras de leite para o consumo humano.
Machado Agropecuária